Notícias Brasil

MARCELO REZENDE MORRE AOS 65 ANOS APÓS BATALHA CONTRA O CÂNCER

O jornalista e apresentador Marcelo Rezende, de 65 anos, morreu no fim da tarde deste sábado (16). Internado no Hospital Moriah, no bairro de Moema, na zona sul de São Paulo, ele travava uma batalha contra o câncer e teve falência múltipla dos órgãos. 

QUEM entrou em contatato com a assessoria de imprensa do Hospital Moriah. De acordo com a nota divulgada pelo hospital, o jornalista morreu às 17h45 deste sábado. O velório acontecerá na Assembleia Legislativa de São Paulo, a partir das 10h de domingo (17). 

No dia 14 de maio de 2017, foi ao ar uma entrevista de Rezende no programa Domingo Espetacular, em que revelou que estava com câncer no pâncreas, já com metástase no fígado. Por conta da doença, o jornalista se afastou do trabalho na Record TV, emissora em que comandava o Cidade Alerta desde 2012. 

Marcella de Oliveira, filha de Marcelo, fez um post para homenageá-lo. "E é assim que você será sempre lembrado, pai. A sua alegria, suas piadas, sua força, seu amor. Nossos momentos e tantas celebrações juntos. Hoje é só mais um dia de celebração, um ausência apenas física porque você sempre estará aqui. Te amo pra sempre." 

O apresentador Geraldo Luis, que acompanhou o tratamento de Marcelo, seu grande amigo, homenageou em seu Instagram a parceria e amizade deles. "Fim...Amei ser seu amigo, amei tornar seu irmão. Amei aprender com você, amei caminhar com você em noites de esperança e fé. Amei nossos momentos de dor e amor, amei ser chão quando nem eu tinha. Amei ouvir você no silêncio daquele quarto. Amei sentir o que sentiu...esperança que tudo daria certo. Algo nos moveu juntos, e escolhi aceitar suas escolhas por ser um sábio da vida. Amei ter você como Pai...irmão, colega de trabalho e professor. Você sempre estará em mim, VIVO ! A morte nunca matará o amor, nunca. A vida me deu você, mas agora levou, para uma vida melhor e sem dor. Ninguém suportaria o que você suportou e em silêncio aliado a sua fé inabalável que me fez sentir um nada perto de tudo que você sentia. A Deus meu infinito obrigado por ter miseravelmente servido você, mesmo quando nada mais podia dar. Apenas...Eu estou aqui...como você mesmo disse : Nós vamos juntos até o final. Fomos...até um dia meu irmão. Pensa num cara feliz em ter tido você ! EU. Um dia o mundo saberá desses meses que você lutou, brigou e escolheu. Um guerreiro que mesmo sem armas, lutou ! Do teu irmão que te ama. Geraldo o Seu Shrek".

Fonte: G1
A.M